I Semana de Integraçao Discente do PPGECT
  • Fotos do terceiro dia

    Publicado em 16/03/2017 às 17:10

    Iniciamos a manhã de quarta-feira (08/03) com o quarto bloco de seminários discentes e finalizamos o período com a assembleia discente. No período da tarde tivemos o seminário docente “História da Revista Alexandria” e em seguida a roda de conversa “Gênero e Diversidade na Educação”.

    Seminários discentes 4 2 seminarios discentes 4 1

    seminarios discentes 4 3 Assembleia discente 2

    Assembleia discente 1 seminario docente 3 1

    Seminário docente 3 2 Roda de conversa genero 2

    Roda de conversa genero 1 Roda de conversa genero 6

    Roda de conversa genero 5 Roda de conversa genero 4

     


  • Fotos do segundo dia

    Publicado em 16/03/2017 às 3:27

    Na manhã de terça-feira (07/03) tivemos o seminário docente intitulado “CAPES: Contexto e relações com o PPGECT” e o primeiro bloco de seminários discentes. Na parte da tarde seguimos com mais dois blocos de seminários discentes.

    IMG_20170307_100246104 IMG_20170307_085725104

    IMG_20170307_094605380 seminarios discentes 1 5

    seminarios discentes 1 4 Seminários discentes 1 3

    Seminarios discentes 2 1 seminarios discentes 2 2

    seminários discentes 2 3 seminarios discentes 3 1

    Seminários discentes 3 2 Seminários discentes 3 3

    Seminários discentes 3 4 Seminarios discentes 3 plateia

     

     

     


  • Avaliação

    Publicado em 14/03/2017 às 18:33

    Após nossa primeira e intensa Semana de Integração Discente, contamos com sua colaboração para responder o questionário de avaliação das atividades realizadas, aproveitando para sugerir modificações que poderão ser incorporadas para a organização das próximas edições.

    Para responder, por gentileza, clique:  https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScB8wN7bKceCKJ2f6APDJRwoij0336ktXwr9QLH8-a3fc0uQA/viewform?c=0&w=1

     


  • Carta Manifesto – Dia Internacional da Mulher

    Publicado em 09/03/2017 às 15:12

    Nós, estudantes do Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica (PPGECT) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), reunidos na I Semana de Integração Discente do PPGECT (SIDECT), manifestamos nosso repúdio a todas as formas de violência de gênero, contra as diversidades e demais discriminações oriundas do sistema patriarcal.

    Hoje, 8 de Março de 2017, é o dia em que recordamos a luta por melhores condições de trabalho das mulheres operárias que foram queimadas dentro de uma fábrica em Nova York, em 1857. Nós, que ainda estamos em luta, recordamos e denunciamos:

    –  a alta taxa de estupros sofridos por mulheres no país (muitos deles nunca notificados);

    a violência doméstica sofrida diariamente por mulheres;

    – a violência contra mulheres negras, que são mais atingidas e discriminadas que mulheres brancas;

    – a LGBTfobia que mata mais mais travestis e transexuais no Brasil que em qualquer país do mundo;

    – as piores condições de trabalho para mulheres em empresas (menores salários, cargos mais baixos, impedimentos à maternidade);

    – a violência de gênero no trânsito;

    – o abandono e as más condições de vida e de exercício da maternidade das mulheres presas;

    – a falta de representatividade das mulheres nos mais diferentes espaços da sociedade;

    – a nova proposta de previdência social, que não leva em consideração as jornadas duplas de trabalho realizadas por muitas mulheres.

    Enfatizamos que o Brasil é o pior país da América Latina para se nascer mulher, com desigualdades e discriminações em todas as esferas da sociedade. Além das violências físicas, psicológicas e materiais que as mulheres sofrem diariamente, precisamos focar nas sutis violências sofridas no ambiente de trabalho, como assédio moral e abuso de poder,  em especial dentro da academia. Existe um silenciamento da mulher no meio acadêmico, seja em processos seletivos, em reuniões de grupo, no reconhecimento do trabalho, no impedimento ao exercício da maternidade, entre outros.

    Pleiteamos à todas pessoas ao nosso redor, companheiros, orientadores e/ou colegas de trabalho, que nos auxiliem nessa caminhada e luta, que façam uma autocrítica e reflexão sobre suas atitudes diárias para com as mulheres e, juntos, possamos transformar nossas atitudes e formas de nos comunicar, ressignificando-as e lançando olhares igualitários que certamente irão contribuir na construção de relações entre pessoas humanas, não importando, exclusivamente, sua constituição biológica.

    Nesse sentido, é vital para nós, como educadoras e educadores, nos comprometermos com a busca por uma educação que rompa com o patriarcado e pela formação de mulheres e homens livres e autônomos, que possam contribuir para a construção de uma sociedade digna, justa e igualitária.


  • Seminário docente externo – 09/03 – 8h:30min – Auditório EFI

    Publicado em 08/03/2017 às 20:30

    EXPERIMENTAÇÃO REMOTA COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM COM TECNOLOGIA

    Eduardo Kojy Takahashi

    Universidade Federal de Uberlândia

    Resumo: O uso de experimentos remotos reais para serem manipulados à distância, por meio da internet – denominados experimentos remotos (ER) – constitui-se em uma nova modalidade de estratégia didática na educação básica ou superior. A capacidade de realizar a experimentação a qualquer momento e de qualquer local, utilizando um computador ou um dispositivo móvel conectado à internet e, ainda, com a preservação da segurança física do usuário e do aparato experimental, já representam vantagens importantes para o processo de ensino-aprendizagem. Entretanto, o seu potencial formativo pode superar ainda mais as oportunidades de aprendizagem ofertadas pelo ensino formal, tradicionalmente praticado nas escolas públicas do país. O relato de uma experiência formativa que se iniciou de forma espontânea e que se encontra em desenvolvimento no Núcleo de Pesquisa em Tecnologias Cognitivas (NUTEC) da Universidade Federal de Uberlândia, envolvendo jovens do ensino médio de escolas públicas do município na construção e/ou disponibilização de ER, tem revelado contribuições para o desenvolvimento da curiosidade epistemológica, da criatividade, da autonomia e do saber-fazer desses estudantes. Essa modalidade de aprendizagem informal, que alia o ensino por projetos e as concepções de espaços abertos de aprendizagem, tipo oficinas Farm Labs, permite transpor o estudante da posição de espectador e simples usuário de um artefato tecnológico para a de ator ou produtor desse artefato, com reflexos positivos no desenvolvimento da sua capacidade de inovar. Nesse seminário, serão apresentados resultados preliminares da relação desses estudantes com tarefas de desenvolvimento de experimentos remotos, no ambiente do Nutec. Também serão apresentados desafios a serem superados, no sentido de que esse empreendimento possa se constituir em uma alternativa de aprendizagem significativa para os estudantes.


  • Alteração do local dos seminários – quinta (09/03) manhã

    Publicado em 08/03/2017 às 20:14

    Alteramos o local do seminário docente externo e dos seminários discentes que ocorrerão amanhã de manhã. Eles ocorreriam inicialmente no auditório do CED, mas mudamos para o auditório do EFI.


  • O primeiro dia do evento

    Publicado em 07/03/2017 às 3:53

    Hoje tivemos a recepção ao novos mestrandos, um seminário sobre a história do PPGECT, uma roda de conversa e diversos momentos de confraternização.

    IMG_20170306_102346 IMG_20170306_154350 IMG_20170306_162823 IMG_20170306_102326


  • Inscrição

    Publicado em 23/02/2017 às 18:20

    Estão abertas, até dia 02/03/17, as inscrições para participação (ouvintes) na I SIDECT.

    Clique no link e preencha o formulário: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSemyQcABHaeD_oJLUGWHmOeuhSezlppoYTtztlZ2UnWy6skKw/viewform?c=0&w=1

    Contamos com a sua participação.

     

     
     

  • Sobre o evento

    Publicado em 22/02/2017 às 4:52

    A I Semana de Integração Discente do PPGECT, acontecerá de 06 a 10 de março de 2017, nas dependências da UFSC. Organizado pela Comissão de Seminários Discentes, essa Semana visa oportunizar espaços para o diálogo e integração dos discentes e docentes, aproveitando para recepcionar e apresentar o Programa, os grupos e linhas de pesquisa, aos novos alunos.


  • Programação

    Publicado em 22/02/2017 às 4:26

    Clique na imagem abaixo para visualizar a programação geral do evento.

    programação SIDECT